domingo, dezembro 30, 2012

A Comunidade B. Boying Brasileira perde um de seus mais importantes representantes...

Maurício Araújo de Souza, conhecido na cena Hip-Hop como "B.boy Kokada", morreu aos 35 anos no dia 21 de Dezembro de 2012. A Cultura Hip-Hop perde um dos mais talentosos bboys do Brasil. 

Mr Kokada, como também era conhecido, começou a dançar em 1993 na Estação São Bento, participou de vários campeonatos nacionais e internacionais. 

Kokada já estava internado em coma em decorrência de Meningite há alguns dias.


Saiba mais: http://www.dancaderua.com/extras/noticias/bboy-mr-kokada-morre-35-anos#ixzz2FNBKKvKA

sábado, dezembro 15, 2012

Movimento em Movimento – nosso escritório foi a RUA...


Rio de Janeiro, Arcos da Lapa, 08 de dezembro de 2012, 21h, 37º C...

Enquanto numerólogos faziam suas previsões para o “fim do mundo”, o Hip-Hop Carioca se mobilizava para manter viva sua última chama de esperança por um Movimento mais inclusivo; prova disso foi o “Movimento em Movimento”, evento organizado pela “Zulu Nation Rio de Janeiro” em parceria com as organizações “GBCR”, “Fúria Hip-Hop”, “Zine Zero Zero”, “One Way TG”, “CJ Hip-Hop”, “Nóis por Nóis” e “Batalha da Lapa” com o compromisso de trazer a autêntica Cultura Urbana para um espaço mais acessível a todos, e nada melhor que a Lapa,  bairro de classe média baixa da Zona Central do município do Rio de Janeiro, considerado o berço da boemia carioca, como também, diga-se de passagem, o principal abrigo do Hip-Hop Carioca desde os anos 90.
Da esquerda para a direita: Zulus Luck  e DJ TR (acima) e (abaixo) os irmãos Johnny Sahel (roda de rima de são Cristóvão  e Tigo CNX (Batalha da Lapa)

“De um lado, nós tínhamos o BC One na Fundição Progresso, um evento fechado, dedicado somente aos b. boys participantes... De outro nós tínhamos os b. boys cariocas insatisfeitos com as regras desse evento. Analisando nosso passado, quando não tínhamos evento algum com a projeção do BC One, por exemplo, ao invés de fazermos um protesto contra as regras do evento, resolvemos dar extensão do que acontecia na Fundição em respeito aos dançarinos do Rio e de fora como forma de boas-vindas a todos nos padrões autênticos do Hip-Hop..., e foi assim que organizamos o Movimento em Movimento, que só teve início após o encerramento do BC One”, explica “Zulu Luck”, líder do GBCR – Grupo de Break Consciente da Rocinha e um dos organizadores do Movimento em Movimento, a respeito das razões motivadoras para a realização do evento ao ar livre. 
Zulu Luck (GBCR)  testando a qualidade da pista... 

Em meio às muitas crews de b. boys (cariocas e visitantes), Don Negralla (Família Nóis por Nóis), além de deixar sua contribuição sonora e reflexiva, aproveitou também o momento para presentear com a bandana amarela (símbolo de iniciação) mais dois novos membros da Nóis por Nóis, algo muito especial para a organização deles e para a própria Zulu Nation Rio, que se sentiu honrada com tais iniciativas... E ainda no quesito reconhecimento, eu, DJ TR, na qualidade de coordenador estadual da Zulu Nation Rio de Janeiro, passei às mãos do krumper Jean Pierry (Família One Way TG) e de Don Negralla o “Certificado de Congratulação da Zulu Nation RJ” pelos bons serviços prestados à Comunidade Hip-Hop Carioca, por meio de suas nobres iniciativas, fato que, além de causar grande emoção em ambos, também trouxe maior respeito por quem fazia parte do evento direto e indiretamente, pois nossa intenção foi contribuir para um Hip-Hop verdadeiro e mais acessível a todos, inclusive aos mais novos no Movimento...
Da esquerda para a direita: Xandú (Zine Zero Zero), Tigo CNX (Batalha da Lapa), Max (CJ Hip-Hop), Krumper Juan Pierry (One Way TG) - recebendo o Certificado de Congratulação e Zulus Luck e DJ TR. 

Após 6 horas de muito som produzido pelos DJs “Marcelinho MG” e “Marchintal” (ambos da Família Fúria Hip-Hop), às 2horas da manhã, encerramos Movimento em Movimento com cerca de 300 b. boys dançando em pleno ar livre com as bênçãos do cenário arquitetônico dos Arcos da Lapa, nos preparando para as 14h retornarmos ao mesmo local para prestarmos nossa homenagem a “PC Capoeira”, “Dom Cridão” e “Mr Funk Santos” no “Rio Parada Funk”..., só que esta informação virá na próxima matéria... (rsrs)


Aos irmãos Mateus Aragão (Família Eu Amo Baile Funk) e Cesar (Família Batalha do Real), os nossos sinceros agradecimentos pela colaboração ativa para a realização do Movimento em Movimento! E aos meus grandes irmãos Zulu Luck (GBCR), Max (CJ Hip-Hop), Bala Machine, Tigo CNX (Batalha da Lapa), DJs Marcelinho MG e Marchintal (Fúria Hip-Hop), Juan Pierry (One Way TG) e Xandú (Zine Zero Zerro) por terem acreditado nesse coroa aqui!  Que Deus os abençoe Grande mente!
Da esquerda para a direita: Xandú (Zine Zero Zero), DJ TR, Tigo CNX e DJ Marchintal...

Até a próxima edição irmãos!

Paz e Respeito!

DJ “Zulu” TR.




quarta-feira, dezembro 05, 2012

Movimento em Movimento balançará as estruturas dos Arcos da Lapa...


Dos estacionamentos dos boulevards do bairro do Bronx, em Nova York, às luxuosas casas de eventos do mundo... Este é o Hip-Hop, um Movimento Cultural capaz entreter, politizar e formar conceitos onde outrora eram tidos como impossível...
Dentre os seus principais elementos, a Break Dance, creditada como a mais antiga na cadeia das danças urbanas, ganha hoje destaque especial em eventos organizados por grandes corporações, que associam e investem seus produtos à custa do estado de consciência de uma geração adepta desta filosofia de vida.
Muito embora o Hip-Hop seja aclamado por propostas indecorosas de cifras milionárias, há ainda em seu meio àqueles que se encontram sensivelmente preocupados em manter viva suas raízes, a fim de que a essência original não se perca diante dos muitos caminhos tomados pelo Movimento.
  
Baseada nestas razões, a “Zulu Nation Rio de Janeiro”, em comum acordo com as organizações “Batalha da Lapa”, “GBCR – Grupo de Break Consciente da Rocinha”, “One Way TG”, “Nois por Nois” e “Fúria Hip-Hop” organizaram o “Movimento em Movimento”, um evento público e democrático onde B. boys advindos de várias partes do Brasil e países vizinhos estarão confluindo naturalmente com o Hip-Hop Carioca, no sentido de troca de conhecimentos e o puro intuito de tornar as ruas um lugar melhor de se relacionar pacifica e respeitosamente.

Movimento em Movimento acontece neste sábado, dia 08 de dezembro, a partir das 20h, ao Ar Livre, entre a Ladeira Santa Teresa e a Rua Joaquim Silva, entre os Arcos da Lapa e ao prédio da Fundação São Martinho e ainda contará com presenças marcantes de “Don Negralla”, “Tigo” e “MC Emissário”, além dos DJs “Marcelinho MG”, “Will”, “Tamy” e “Machintal” e você que desejar dar sua contribuição por meio da rima, da dança ou dos toca-discos.

“O Movimento em Movimento será na verdade uma grande festa onde o Breaking, o Popping, o Locking, o Up-Rocking, o Housing, o C-Walking, o Krumping e qualquer outro tipo de dança do Hip-Hop se unirão para promover ao lado dos outros três elementos da Cultura uma manifestação pacifica e inteligente sobre o que vem a ser o Hip-Hop como instrumento de inclusão sociocultural”, declara “Luck”, um dos organizadores do evento e líder do GBCR.


Portanto, neste sábado, todos os caminhos lhe conduzirão à Lapa!

Paz e Respeito!


DJ “Zulu” TR.


Saiba mais:

“Movimento em Movimento”
(Cypher livre para B. boys, MCs, DJs e Grafiteiros)
Dia 08/12 – Sábado – 20h
Entre a Ladeira Santa Teresa e a Rua Joaquim Silva, entre os Arcos da Lapa e ao prédio da Fundação São Martinho